Projeto para Loja Kasa da Gestante e Bebê – Bairro Batel

Projeto de Interior e Arquitetônico de Fachada para a Loja Kasa da Gestante, concebido através da reforma de uma casa estilo tradicional no bairro Batel, todos os conceitos e detalhamentos do projeto foram desenvolvidos pelos profissionais Alexandre e Edelita da Design.in, inclusive a tela “K” pano de fundo do espaço do caixa foi  produzido e assinado pela própria profissional Edelita Bello, a porta e o mobiliário foram projetados com exclusividade e com os mesmos conceitos de programação visual aplicados no projeto de fachada comercial que os profissionais desenvolveram para a loja.

O projeto segue um breffing pautado nos estilos de maior tendência no momento, um mix entre Pathwork e Escandinavo. Tendo como foco tornar a loja um espaço aconchegante, lembrando um quarto de bebê. 

Clique para ampliar

Publicado em Arquitetura, Design de interiores, Design de Mobiliário, Programação Visual | Deixe um comentário

Projeto e Programação Visual para stand em feira

IMETEC- STAND PROJETO 3D - Design.in - direitos autorais reservadosO desafio foi desenvolver um projeto com temática e design diferenciado utilizando o material octanorm “material exclusivo para construção de stands básicos”, diferente da liberdade de projetar um stand que chamamos de “Construído”, no construído temos a liberdade de criar um projeto utilizando-se dos mais diversos materiais incluindo a execução em marcenaria,  no octanorm as limitações estão nos módulos de tamanhos específicos, e, acabamento único.

É um desafio realmente grande, e no caso deste projeto foquei um único fato que gerou a criatividade para inovar, a empresa, uma indústria metalúrgica atuante no setor de mineração, até então sempre evidenciou o seu produto, porém a sua história como empresa era desconhecida do seu público alvo, este era o ponto principal que gerou o norte para o projeto, era a oportunidade ideal e uma necessidade apresentar a empresa com seus valores históricos, no octanorm  a principal ferramenta está numa programação visual bem estudada potencializando os principais valores, fechou-se o então o quebra-cabeças, a programação visual contou a história da empresa até culminar nos dias atuais em que a sua posição é de uma empresa geradora de novas tecnologias e soluções para o setor de mineração.

Projeto assinado por Alexandre Ferraz Bello – Design.in

Apresentação do Projeto em 3D maquete virtual

Clique para aumentar

Fotos do stand Pronto

Clique para ampliar

Publicado em Arquitetura, Programação Visual | Deixe um comentário

Artigo para Revista Élégant – Grupo Beto Ferreira – A força das cores na composição dos ambientes.

Gianne Albertoni, “A musa das manhãs”, capa Revista Élegant 

Artigo assinado por Alexandre Ferraz Bello – Designer de Interiores da Design.in, a convite da assessoria de imprensa da Revista Élégant para a coluna Decoração, abordando o tema “A força das cores na composição dos ambientes”.

Confira abaixo o artigo na íntegra:

A força das cores na composição dos ambientes.

Nos tempos atuais estamos vivendo cada dia um novo desafio, exercendo as tarefas da nossa rotina profissional ou administrando a dinâmica da nossa vida familiar e social. Estamos cada vez mais correndo contra o tempo, procurando adaptar-se a vida moderna que, muitas vezes nos impulsiona a um imediatismo desenfreado.  Os dias têm passado num piscar de olhos e diante destas circunstâncias podemos perguntar: que atitudes simples podemos tomar para melhorar a nossa qualidade de vida? sejam quais forem,  elas deverão exercer influência profunda em nosso emocional, transmitir sensação de bem estar, trazer realização interior,  equilibrar  o nosso cotidiano já tão materialista.  Para isto precisamos focar na realização dos nossos sonhos, em tempo para férias, para o convívio entre amigos e família, e, algo que faz uma grande diferença, tornar o local aonde trabalhamos e moramos o mais agradável possível.

Morarmos ou trabalharmos em um ambiente desagradável, sem vida, gera falta de motivação, stress, ansiedade, entre outros sintomas que não combinam com qualidade de vida. Por outro lado quando estamos em um ambiente agradável  superamos os problemas do dia a dia com mais facilidade, temos vontade de viver,  nos tornamos mais criativos.

Como profissional na área de interiores eu poderia citar inúmeros passos na composição de um ambiente para torná-lo bastante agradável, porém, o mais essencial dos passos para uma ambientação adequada e agradável está no uso das cores. É isto mesmo, elas são a parte essencial na composição de um projeto de ambientação. O segredo de nos sentirmos bem em um ambiente está principalmente nas cores. Do piso ao teto, do mobiliário aos objetos decorativos, tudo depende de como iremos usar as cores para que haja harmonia e valorização do conjunto. Quando conseguimos isto, agimos diretamente no nosso emocional, a mesma harmonia que estará no ambiente refletirá em nossos sentimentos.

A cor nos ajuda na compreensão dos ambientes, gera emoções e sensações, e, por se formar em nosso cérebro e em nossa percepção interna, é um fenômeno individual e subjetivo que causa grande impacto em nosso estado psicológico.

Renovar as cores de nossa casa ou local de trabalho, é uma boa opção e um passo simples que pode nos trazer benefícios ajudando na nossa qualidade de vida, mas não esqueça, requer um estudo aprofundado para obter o resultado ideal, não importa se é o melhor piso, o mais confortável jogo de sofá, as mais caras obras de arte, se não houver um estudo aprofundado para harmonizar as cores de todos estes elementos, o ambiente poderá se tornar muito desagradável, às vezes pesado, triste, às vezes alegre na primeira impressão, mas enjoativo no convívio, e todo o investimento será prejudicado.

Por Alexandre Ferraz Bello – Designer de Interiores – Design.in

Publicado em Design de interiores, Publicações | Deixe um comentário

Casa com vistas espectaculares da cidade de Los Angeles

House With Spectacular Downtown City Views.                                     

                                                                     

Homedesigning Inspiratonal Home & Interior Ideas

Publicado em Arquitetura, Design de interiores | Deixe um comentário

Revista Élégant – Grupo Beto Ferreira – Aspectos afetivos e pessoais em Projetos para interiores

Patrícia Salvador, “De coadjuvante a protagonista” capa  Revista Élegant


Artigo assinado por Alexandre Ferraz Bello – Designer de Interiores da Design.in, a convite da assessoria de imprensa da Revista Élégant para a coluna Decoração, abordando o tema “Aspectos afetivos e pessoais em Projetos para Interiores”.

Confira abaixo o artigo na íntegra:

Aspectos afetivos e pessoais em Projetos para Interiores.

Podemos dizer, com certeza, que a nossa casa é o lugar que mais expressa nossas particularidades, aonde podemos ter a nossa privacidade, aonde nossa vida pessoal tem verdadeira liberdade. Também é o lugar do nosso conforto, aonde descansamos e recarregamos as nossas forças, onde compartilhamos as nossas maiores alegrias, recebendo amigos ou vivendo momentos de intimidade com a família. A casa, ainda pode ser como um organismo, em que cada um com suas particularidades acrescenta uma parcela para fazer dela o espaço mais fundamental para o convívio da família.

O próprio conceito de casa nos dá a liberdade de sermos nós mesmos, então, a partir dos nossos sonhos, estilo e desejos aos poucos vamos dando personalidade a ela, imprimindo um pouco do que nós somos.

Todas estas características são fundamentos básicos que precisam ser avaliados cuidadosamente quando pensamos em um projeto para interiores em uma residência unifamiliar. Na escala das considerações a serem avaliadas para desenvolver um bom projeto residencial de interiores, os conceitos afetivos e pessoais ocupam uma posição de base, onde todas as outras considerações como, orçamento para execução dos projetos, funcionalidade, estética, luminotécnica, distribuição espacial e ambientação, design do mobiliário, entre outras, deverão ser norteadas pelos aspectos afetivos e pessoais de quem irá desfrutá-lo.

Por outro lado conciliar estilos e gostos pessoais tornando a casa um ambiente agradável a todos os seus moradores, definitivamente não é uma tarefa fácil, porém essencial, de outra forma correremos o risco de fazermos da nossa casa vários mundos separados por paredes, e, aos poucos perderemos o convívio familiar, tão importante para o nosso bem estar e qualidade de vida.

Empenhar-se no estudo dos aspectos afetivos e pessoais da moradia torna um projeto de interiores extremamente complexo, devido às várias formas e funções de cada espaço definidos pelas esferas das áreas íntimas, sociais e de serviços, quando se trata de moradia tradicional, ou ainda mais complexo quando se trata do conceito de moradia moderna e pós moderna, em que as áreas íntimas e sociais são constituídas em um único espaço sem divisões de paredes. Um dos grandes segredos para o sucesso deste estudo é o diálogo aberto e imparcial entre todos os moradores, cada um respeitando os sonhos e desejos do outro, e, todos cooperando para adequar seus desejos de realização à realidade do projeto executivo, com as suas limitações técnicas, funcionais e orçamentárias.

O desafio é empolgante tendo em vista que esta é a parte essencial que trará vida à casa e que fará da nossa casa o lugar mais agradável para estarmos.

Por Alexandre Ferraz Bello – Designer de Interiores – Design.in


Publicado em Design de interiores, Publicações | Deixe um comentário

Engenharia com sentimento

Sentimento e engenharia, força gravitacional  a favor da estrutura física, um ano de esforços e dedicação técnica para desenvolver os projetos de engenharia que culminaram na Hemeroscopium House,  uma casa de vidro, concreto e água, simplicidade aparente, mas, complexa engenharia.

Sete elementos respondem a força gravitacional de forma construtiva, um empilhamento estrutural em forma helicóide gera um apoio estável para a viga principal, que revestida com panos de vidro forma um dos lados da parede do piso superior.

O sétimo elemento é outro ponto de equilíbrio, chamado de “G” por seus criadores, um bloco de granito de 20 toneladas de contrapeso.

Os espaços da Hemeroscopium House são pura imaginação voltada para busca de luz, com suas janelas e panos de vidro convidando a participar do cenário das montanhas, no piso térreo, destinados a cozinha, quartos e área social, existe uma piscina mais convencional diferente do capricho da piscina em balanço do piso superior que foi destinado a suíte máster.

Assim é a Hemeroscopium House, brutalismo sem brutalidade, situada em Las Rosaz, no vale do Guadarrama, Espanha, desenvolvida pelo Arquiteto Antón García Abril e pela Ensamble Studio, como Antón García Abril define, “ uma casa cem por cento emocional, onde o sentimento foi completo e se fundiu com a engenharia de som, resultando em um espaço a ser habitado”.

Edição e adaptação de texto por:

Alexandre Ferraz Bello – Designer de Interiores.

Fonte wikiarquitectura.

Assista abaixo os videos making off da obra e entrevista com o arquiteto.

Publicado em Arquitetura | Deixe um comentário

Artigo para a Revista Élégant – Grupo Beto Ferreira – A decoração no estilo clássico.

Helô Pinheiro, ” A garota de Ipanema eternizada em canção” capa Revista Élegant 

Artigo assinado por Alexandre Ferraz Bello – Designer de Interiores da Design.in, a convite da assessoria de imprensa da Revista Élégant para a coluna Decoração, abordando o tema “A decoração no estilo clássico”.

Confira abaixo o artigo na íntegra:

Muitos são os estilos e tendências que tornam o Design de Interiores tão rico e vasto, proporcionando a realização dos mais inesperados projetos de interiores. Vivemos um tempo de grande valorização da área. Conceitos surgem sempre que necessitamos obter soluções para realizar os mais variados gostos dos clientes e, diante de tantas expectativas sobre os materiais e tendências que se renovam a cada ano, novos estilos sempre nascerão. Todas essas manifestações de conceitos tão variados remetem-nos a entender o real valor do Estilo Clássico, um estilo que é atemporal e que possui nobreza, conforto, funcionalidade, beleza, elegância e requinte, atributos tão almejados por todos os estilos.
O verdadeiro Estilo Clássico, algumas vezes confundido com o Estilo Rococó, iniciou na Antiguidade Clássica Greco-Romana, resistiu ao tempo, influenciou o movimento renascentista europeu no início da Idade Moderna, e, teve seu ápice por toda a Europa em meados do século XVIII até meados do século XIX, por meio do movimento cultural Neoclassicismo, que teve suas bases no Iluminismo e no interesse pela cultura da Antiguidade Clássica, defendendo princípios de moderação e equilíbrio, reagindo contra os exageros decorativistas e dramáticos do Barroco e do Rococó.
Por ser um estilo mais depurado, ao contrário do Rococó, que é mais rebuscado, as suas linhas são mais suaves e as curvas simétricas. Assim dão sobriedade na decoração. Os contornos são exatos e há harmonia no colorido, sem perder a expressão de suntuosidade e nobreza.
Essas características marcantes tornam o Estilo Clássico sempre atual, em quase todos os tipos de ambientes. As cores predominantes são azul-marinho, verde-esmeralda, bordô e preto que, combinados com composições douradas ou prateadas, cor de ferrugem e cor-de-rosa bebê, transmitem a leveza necessária para o estilo. Trazem para o contexto dos dias atuais as diversas tonalidades de castanho, tons bege, cru e branco que também fazem parte da paleta de cores do estilo, proporcionando muita sofisticação e requinte ao ambiente. Os materiais são nobres e os mobiliários antigos de qualidade. A novidade hoje são as réplicas, mas é sempre bom lembrar de que o original é o mais valorizado. Lustres de cristal, abajures entalhados, tapeçaria rica em detalhes, cortinas mais rebuscadas em seda, veludo ou brocado, obras de arte como quadros e esculturas, peças em cristais e porcelana, ornamentadas em prata ou douradas, espelhos com molduras imponentes completam com muito charme a decoração.
O bom gosto e a tradição definem bem esse estilo. Um projeto no Estilo Clássico quando bem elaborado agrada praticamente a todos. Elegante e rico em detalhes sempre nos indicarão o caminho equilibrado e harmônico que o design e a decoração de interiores devem seguir, avançando para os tempos modernos, mas sempre valorizando o lado humano das coisas.

Por Alexandre Ferraz Bello – Designer de Interiores – Design.in

Publicado em Design de interiores, Publicações | 1 Comentário

Arquitetura Orgânica

“Parece somente ficção em 3D, mas esta casa é real e, por incrível que pareça foi construída em 1934″.

Frank Lloyd Wright, não podemos falar de arquitetura orgânica sem falar dele, sem dúvida, um dos maiores Arquitetos e Designer de Interiores americano, também escritor e educador, foi quem promoveu a arquitetura orgânica.

arquitetura orgânicaarquitetura organicista ou ainda organicismo foi uma escola da arquitetura moderna influenciada pelas idéias de Frank Lloyd Wright.  Apesar de ter surgido nos EUA, desenvolveu-se ao redor de todo o mundo.

O conceito do organicismo foi desenvolvido através das pesquisas de Frank Lloyd Wright, que acreditava que uma casa deve nascer para atender às necessidades das pessoas e do caráter do país como um organismo vivo. Sua convicção era de que os edifícios influenciam profundamente as pessoas que neles residem ou trabalham.

Fallingwater (na Pensilvania),  projeto que vocês vêem nos vídeos é o mais aclamado do arquiteto, a casa foi construída  sobre uma forma de cachoeira em 1934 e tornou-se  marco histórico  nacional em 1966.

Confira também as fotos abaixo:

Publicado em Arquitetura | Deixe um comentário

Projeto de Interiores – Quanto custa ou, como orçar?

copyright Design.in

A  questão do orçamento tem uma variação de acordo com o volume de honorários dispensados para cada obra, por exemplo, alguns clientes procuram o profissional já com a obra quase terminada, o piso, gesso, cores das paredes, luminotécnico, a paginação, louças e metais dos banheiros e cozinha tudo já pronto, então o que resta é apenas o mobiliário (projetos para marcenaria ou consultoria para compras em lojas) e, a consultoria na escolha das peças decorativas (tapetes, cortinas, quadros, vasos etc). Bom, os projetos mobiliários e as consultorias decorativas são um volume de trabalho até grande também, porém não tanto quanto um projeto de interiores que envolve todas as etapas, onde o breefing muitas vezes gera um volume de pesquisas e envolvimento quase integral, adequar os critérios técnicos, com funcionalidade e estética, respeitar o sonho do cliente que precisa ser realizado, sem sair do foco, respeitar o orçamento estipulado, cronograma etc. Em muitos projetos o envolvimento é muito grande, e, em alguns casos, tudo é criado pelo profissional, todas as etapas de acabamentos e projetos, inclusive a comunicação visual buscando uma psicologia ambiental que gera conceitos diversos e personalizados para cada caso, em casos comerciais, ainda há a afinidade com a marca do cliente, é preciso desenvolver um projeto adequado ao marketing da empresa, por fim, até mesmo a temática dos projetos influenciam no orçamento, um tema vanguardista para um tema rústico requintado envolvem pesquisas diferenciadas.

Tudo isto só pode nos indicar um fato, que, apresentar um valor específico de orçamento sem pesquisar o volume do projeto é muito arriscado, com certeza, o profissional ou o cliente sairá perdendo, e, no caso do profissional apresentar um orçamento sem os devidos cuidados, além de ele perder, ainda prejudicará o cliente, pois não conseguirá desempenhar suas funções previstas com total excelência.

Por: Alexandre Ferraz Bello – Design.in

Publicado em Design de interiores, Sem categoria | 5 Comentários

Design de Interiores – O que é?

copyright Design.in

Design de Interiores, algumas vezes confundido com decoração de interiores, é uma técnica cenográfica, visual e arquitetônica de composição e decoração de ambientes internos (cômodos, residências, escritórios, consultórios, lojas, salas comerciais, etc.). Consiste na arte e prática de planejar e arranjar espaços, escolhendo e/ou combinando os diversos elementos de um ambiente, estabelecendo relações estéticas e funcionais que dependam do fim a que este se destina.

O Designer de Interiores, profissional que atua na área, projeta os ambientes, utilizando e combinando cores, materiais, texturas e dispondo móveis e acessórios. Ele estuda em detalhes a área a ser criada ou reformulada, monta o orçamento e o cronograma da obra, desenha mobiliários e elementos que vão compor este espaço, a disposição dos móveis, escolhe os adornos e revestimentos de pisos, paredes e tetos, sempre atento ao desejo do cliente, à estética e a funcionalidade do local.

O Design de interiores é com certeza uma arte. Requer sensibilidade, bom gosto e muito conhecimento do profissional sobre as diversas áreas que o envolvem. Para exercer a profissão é necessário uma gama de conhecimentos que vão desde história da arte, ergonomia, psicologia ambiental, entre outros. É claro que o gosto do cliente deve ser respeitado, porém a experiência e seriedade do profissional falam mais alto.

Versatilidade técnica é o suporte indispensável, depois apenas da criatividade na escala que define um designer de interiores. Os conhecimentos de marcenaria, pintura, acabamento, restauro, machetaria, carpintaria e outros que podem ser adquiridos com prática e teoria técnica são a outra metade.

Publicado em Design de interiores | Deixe um comentário